segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Eu não vou tomar droga nenhuma !!!

Exemplo de Complemento (Não foi o que eu vi!)
Um amigo da estrada esses dias me alertava sobre a necessidade de se compensar com muito cuidado minerais e nutrientes consumidos durante a viagem. Ele mesmo já havia feito um bom trecho de bicicleta, e sob orientação de uma personal trainner, recorrido ao uso de alguns complementos. Eu lhe disse que tentava fazer uso apenas a uma alimentação balanceada, com lentilhas e cuscuz (por seu rápido cozimento, alto teor proteico e de carboidratos respectivamente), frutas secas oleaginosas (especialmente a castanha do pará, por serem muito calóricas e com muitas propriedades interessantes), frutas frescas (sobretudo banana por conter muito potássio), frutas desidratadas em geral (por propriedades e facilidade de transporte, como os itens anteriores), mel e uma granola de meu preparo que leva entre outros flocos de quinua, gérmen de trigo e levedura de cerveja.

Meu interlocutor disse que ainda assim eu deveria recorrer a complementos de proteína, maltodextrina  e outros de que não lembro o nome. Para não ser teimoso fui à farmácia ver o que havia nesse sentido. Estudando bulas, e que me corrijam os que compreendem melhor o assunto, li que um dos melhores ali encontrados, trazia 5 gr da substância em questão por dose indicada para consumo diário, mas se tomado com leite, o total de proteínas era de 16 gr. Ora, ou bem este produto multiplica-se protéicamente quando tomado com leite, ou o leite simplesmente contém mais proteínas do que esta joça de 60 reais o potinho. Prefiro caprichar então no leite, queijo e ovos, visto que não sou dado ao consumo de carne, e não tomar droga nenhuma!!! Verdade que aumentar a dose destes itens tende a provocar fortes flatulências, mas soube que os complementos também o fazem. O jeito é dormir com a barraca aberta e aproveitar esse gás durante o dia como propulsão extra ao pedal, assim como uma espécie de turbo gastro-intestinal...

18 comentários:

  1. Informação a respeito é ótimo. Não precisar tomar drogas melhor ainda. Gases na natureza, é natural.
    Bons ventos o levem.

    ResponderExcluir
  2. nossa, muito bom ler sobre sua jornada... desejo fazer uma similar algum dia, mas para a mim, ir até a australia estaria bom demais! O senhorito é vegetariano? Preocupar-se com alimentos que te dêem os nutrientes necessários é realmente importante. Vou colocar seu blog na minha lista de blogs e acompanhar sua jornada =] gostei muito de tudo o que li até aqui... Desejo-lhe uma boa continuação de jornada =]

    ResponderExcluir
  3. cara, adorei seu blog, e também sua proposta. sou ciclista e blogueiro, e seu projeto me trouxe coceiras nas mãos e nas pernas. estou olhando aqui pra minha bicicleta Vermelha (esse é seu nome), e estou confabulando com ela, "vamos viajar, meu bem?". cara, muita sorte nessa sua empreitada. legal ler sobre morretes, superagui, ilha das peças - são lugares para mim muito importantes.
    seu blog está devidamente linkado entre os meus favoritos, e eu me tornei seu fiel seguidor.
    abraço e sorte!

    ResponderExcluir
  4. haha você não precisa dessas coisas não primo ! vamo que vamo ja saiu até no site da globo a reportagem ! http://revistaepocasp.globo.com/Revista/Epoca/SP/1,,EMI179109-17276,00.html

    abraçooos primo !

    ResponderExcluir
  5. Parabens Erich!! Estamos torcendo por vc! Moramos em Joinville, temos um grupo de pedal e seria uma satisfação pedalar em sua companhia quando passar por aqui, a disposição para contribuir com sua loucura extra saudavel!!

    ResponderExcluir
  6. vou te acompanhar deste lado do teclado, e torcer para seu sucesso, força!

    ResponderExcluir
  7. Força Erich!
    Parabéns pela coragem e sucesso nessa aventura!

    ResponderExcluir
  8. Muito manero a sua jornada Erich! que Deus te acompanhe em todo o seu trajeto e você tenha muito sucesso!!!

    ficarei ligado no seu blog para ler os seus updates.

    abraçãoo

    ResponderExcluir
  9. Nãaao cara!!
    Procure um Whey Protein de qualidade, tem muito mais proteína que esse que você viu!
    Muito mais mesmo, vale a pena!
    Pode fazer o uso de maltodextrina também, é energético, o Whey Protein você usa pós exercício!
    Espero ter ajudade!
    Boa sorte, boa viagem

    ResponderExcluir
  10. Erich, sou ciclista e fotografo (ou vice versa)moro no Amapá e fiquei sabendo de sua jornada através do site da globo, vou te acompanhar daki e te desejo tudo de bom, sucessoooo!!!!
    abraços

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  12. Erick! Como seu primo disse, saiu uma reportagem no site da Globo sobre sua viagem. Foi lá que tomei conhecimento dessa sua aventura.
    Mandei o link da reportagem (que tem também o link pro blog) pra alguns amigos meus com os dizeres: "Ainda faço isso!"
    Muuuuuuuito legal essa sua aventura! Esse ano fiz o Caminho de Santiago de bike (ou bicle, como queira) e desde então fiquei pensando em fazer algo como o que você está fazendo agora. Enquanto não sai do plano das idéias vou te acompanhando aqui pelo blog.
    Estou torcendo para que tudo dê certo por aí. Força! E parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. Cara, tu estás fazendo o que muita gente gostaria de fazer. É chutar o balde, sumir por uns tempos, enlouquecer. Sucesso na tua jornada!! Fotos maravilhosas, histórias também, que vivência!!! Grande abraço do gaúcho que está em São Paulo no momento.

    ResponderExcluir
  14. Grande zela..Nando e familia por aqui...pois é, que esses ventos levem longe essas estranhas reações gastro-quimico-intestinais...Ta demais caro amigo. Cada hora que passa fico mais feliz por vc. Uma idéia me surgiu. Que acha de colocar um "odometro" na pagina? assim iremos comparar quem viaja mais, a Clotilde ou seus pensamentos....NANDO.

    ResponderExcluir
  15. Eita nóis...!
    Dá-lhe Erich, em constante expansão... Os ventos parece que não apenas te levam, mas ainda propagam suas pegadas para os mais distintos cantos do país.
    Eu entendo perfeitamente a intenção e a dica que o seu companheiro de estrada quis te dar, e foi na melhor das intenções, porém, ele não conhecia seu aprofundado e preocupado hábito alimentar. Penso que para se tomar a atitude de ser vegetariano é necessário dedicar um tempinho na composição de alimentos que serão os substitutos, é fato!
    Vc parece mto bem munido do que necessita, e se não tiver, seu corpo irá dizer...
    Na nossa última investida, a ida até o SWU, pedalamos no total 180km, não é nada perto do que vc já se afastou, mas eu senti o cansaço todos os dias. Nosso camarada Beto deu até uma "arreada" no último dia e tirou uma tarde para dormir e se recuperar.
    O problema é que além do propósito sustentável tb tínhamos a intenção de curtir, então, cerveja para dentro, levedura em estado líquido, refrescante, mas com precinho bem salgado!
    O acontecimento mais absurdo ocorreu no primeiro dia, logo na nossa chegada ao festival, fomos "barrados no baile", nossas companheiras não eram benvindas! Não existia um "berçário" para elas, tão pouco um bicicletário, mas espaço para estacionamento de carros e ônibus sobrando.
    Com relação aos gases, eu acho que na pedalada ele atrapalha, pq na verdade precisamos dar uma levantadinha do banco para soltá-los e isso quebra um pouco o ritmo.
    Mas o Montanari e o Beto podem dizer melhor, os caras tavam que tavam.
    Ventos a favor...!
    Abrass

    ResponderExcluir
  16. Suplementos alimentares não são drogas... Tanto que tem venda livre em lojas de artigos esportivos e sem necessidade de receita médica. Respeito teu posicionamento sobre não fazer uso disso, mas procure te informar melhor antes de fazer um post desse tipo, que possa soar como asneira. Whey protein é nada mais que proteína concentrada, extraída do soro do leite.

    ResponderExcluir
  17. Oi Daniel, em primeiro lugar, o título do post é uma brincadeira com a frase infantil "eu não vou tomar droga nenhuma" acho que lendo o texto vc pode perceber que se trata muito mais de uma posição pessoal que de uma apologia sobre não se usar, até porque não tenho nenhuma intenção de ofender meu amigo que as indicou.

    Agora peço desculpas se vou ser um pouco categórico, mas é que não é muito agradável quando pessoas vem te dizer publicamente que vc está falando "coisas que possam soar como asneiras".

    Respeito sua posição em defender os complementos, mas pra te informar, existem drogas ilícitas (que são as que vc tem medo de que se confundam nesse caso) e drogas lícitas. Não vou entrar na infindável discussão de ética e legislação, mas pra ser breve, acredito que nem tudo o que é lícito é bom, e nem tudo o que é ilícito é um monstro, e nem portanto estou emitindo opinião alguma sobre o uso de complementos alimentares, pois realmente não entendo do assunto.

    Droga é toda e qualquer substância, natural ou sintética que introduzida no organismo modifica suas funções. As drogas naturais são obtidas através de determinadas plantas, de animais e de alguns minerais. Exemplo a cafeína (do café), a nicotina (presente no tabaco), o ópio (na papoula) e o THC tetrahidrocanabiol (da cannabis). As drogas sintéticas são fabricadas em laboratório, exigindo para isso técnicas especiais.

    Portanto Daniel, não quero devolver a bola à respeito do cuidado com falar coisas que possam soar como asneiras. Prefiro que possamos nos entender bem, ainda mais visto que temos coisas bacanas em comum. Só acho que vc poderia primeiramente ter me mandado um email (meu contato está no blog) com uma crítica em formato mais construtivo buscando o esclarecimento dos fatos ao invés de tornar pública sua versão apressada de que meu post pode soar como asneira.

    ResponderExcluir
  18. Fala Erich, aqui é Guilherme, da Harley Davidson de Itapoá, que te hospedou.

    A questão não é ser ou ser droga, como te disse, é um complemento alimentar, para complementar a alimentação, que como percebe, na estrada exigência física e emocional que a gente sofre , é demais.
    Quando te indiquei o malto, as proteínas (leite, ovo, soja, etc.) mais o BCAA foi no sentido de te ajudar. Pode-se achar que uma boa alimentação seja o suficiente, mas nem sempre ou quase nunca é para quem pedala de 6 a 8 horas por dia, foi neste intento que passei as informaçoões.
    OK cara, siga em frente e que Deus te acompanhe.
    Aqui estamos nos preparando para fazer a Costa a Costa dos EUA,de Nova Iorque-Los Angeles e depois descer até São Paulo, tudo de Harley Davidson, 19000kM.
    Quem sabe nos encontramos por ai.
    Abraço Guilherme

    ResponderExcluir