quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Tristeza não tem fim... Mas vira outra coisa.

Uns belos morros
      Há cinco dias pedalo novamente. Pediria desculpas pelo longo período ausente, caso o motivo não fosse grave de sobra. Não tenciono delongar-me em detalhes por demasiado pessoais, mesmo para dividir aqui onde confesso habitualmente tantos pensamentos. Basta dizer que foi o mais difícil acontecido que já se apresentou nesta minha atual encarnação.

      Logicamente tais acontecimentos provocam uma quase que obrigatória revisão geral de conceitos. Cheguei a cogitar fechar-me para balanço à ponto de largar a pena por hora, mas acho que explodiria caso não pudesse usufruir desta abertura aqui criada para aliviar-me um pouco a alma... Você leitor, chegado, colega, ilustre desconhecido ou produto imaginário, serve-me de psicólogo, amigo e padre!!! Obrigado...

Quebramos a barreira dos 1000
Outrossim, querem-me virar filme. Ou ao menos queriam, antes do sumiço, dar-me as condições para que eu me auto-filmasse, enquanto ao longe editariam isso tudo em capítulos da jornada. O estranho é que apesar disso fazer parte da ideia inicial do projeto, tenho minhas dúvidas se agora é um momento onde posso me expor desta forma. 
 
      Bom, hoje é isso. Aqui da Praia do Rincão, no extremo sul do litoral de Santa Catarina, em 11/01/2011, venho dizer à todos que estamos juntos novamente. Agradeço a companhia e até já. No próximo prometo ser um pouco menos subjetivo e contar algo mais jornalístico e talvez até emocionante.

7 comentários:

  1. Concordo com o final...para de lenga lenga e conta tudo logo....SAUDADES cara..cheguei a ficar preocupado.Mas vendo que estas bem, rompendo a bareira de 1000K, que não desististes desta louca jornada, fico feliz. Um excelente 2011. Aguardo novidades...E essa história de filamr tudo? sério que não vai dar?

    ResponderExcluir
  2. Força ai cara! Sucesso nessa jornada que estás retomando! Abraço

    ResponderExcluir
  3. Continua pedalando no caminho do guerreiro. Impecabilidade sempre.

    ResponderExcluir
  4. enfim notícias...
    bons ventos o levem!

    ResponderExcluir
  5. Parafraseando Madonna: "Please don't stop the music!"
    Força na peruca e a mente no que importa!

    ResponderExcluir